Sejam egoístas!

Mantenho no centro de minha mesa, um pote de vidro cheio de balas, chocolates e bombons. Não gosto de doces. Meu filho idem. O pote de doces serve para decorar a casa e para adoçar a boca dos convidados. É uma maneira barata de agradar  a quem me visita. Como tenho pouco para oferecer, acho simpática a ideia de ter doces no centro da mesa, a vontade para quem sentir vontade de comer. O pote é bem variado: tem balas de coco, de mel, bala mole, de hortelã, etc. Em meio a tudo isso alguns bombons. Desses caros, tipo Ouro Branco, Sonho de Valsa e Serenata de Amor.

Pois bem: quase todo mundo que pega um docinho no tal pote, escolhe de imediato, um bombom. As vezes dois. As outras balas só são escolhidas quando o ultimo bombom se foi. Alguém pode pensar que se trata da mal educação ou de olho grande. Mas não se trata  disso. A escolha pelo melhor é da natureza humana e sempre que alguém pega um bombom, tem meu respeito e a minha admiração. Querer o melhor para si é natural. Ninguém  sai de uma cama de molas para uma de prego. Ao contrário sim.

Foi esse sentimento egoísta que fez a humanidade melhorar as coisas.Criar um melhor chocolate, um carro mais possante e mais charmoso, uma carne sem gordura e assim por diante. O egoísmo é um sentimento importantíssimo para a evolução humana. Talvez o mais importante.

Sempre que abro o site do UOL ( Universo Online) ou Porta dos Fundos, por exemplo, e aparece um vídeo de publicidade, procuro assistir até ao final. Na segunda vez, não revejo o vídeo, mas deixo-o rodando até acabar. Não faço isso por bondade ou para ajudar o pessoal do site. Faço por egoísmo. Eles vivem da publicidade, quero que os mesmos ganhem grana  e se mantenham no ar.Não quero que acabem. Se puder fazer algo, faço!  O legal é que já me surpreendi muito com alguns vídeos. Tem muita coisa boa sendo feita na internet.

Sandro Peixoto foi por 12 anos repórter do O Perú Molhado, é membro da Associação Fluminense de Jornalistas, mora em Búzios, e é um dos fundadores do Prensa

Gostar de um cantor e comprar CDs falsos e portanto mais barato do mesmo não é egoísmo. Isso se chama mesquinharia. Se você gosta de um artista, procure ajudá-lo a se manter.  Se você é torcedor de um clube, tente comprar camisas oficiais do mesmo. Ao agir assim, você estará ajudando a agremiação que gosta e com isso ajudando a si mesmo. Mais forte, seu time pode disputar o campeonato com mais chances e se for campeão, o titulo será seu também. Não adiante querer ficar somente com o lado bom da historia. Se dizendo campeão sem nada ter feito. Isso é um misto de oportunismo com mesquinharia. O egoísta de verdade é um altruísta por natureza.

Artigo de opinião. Não corresponde necessariamente a opinião do Prensa.

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.