Maria Joaquina depende de Pezão para retornar a ser Búzios

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou, nesta terça-feira (5), em segunda discussão, o projeto de lei 2.538/13, do deputado Paulo Ramos (PSol), que estabelece uma nova divisão entre os municípios de Cabo Frio e  Búzios, alterando a divisão existente determinada pela Lei 2.498/95.

O texto foi aprovado com 47 votos favoráveis, um contrário e uma abstenção e seguirá para o governador Luiz Fernando Pezão, que terá 15 dias úteis para sancionar ou vetar.

De acordo com o projeto, o bairro Maria Joaquina, atualmente pertencente a Cabo Frio, passará para a administração de Búzios, tendo o Rio Una como limite entre os municípios.

O deputado justifica que os moradores de Maria Joaquina já trabalham, estudam, recebem atendimento médico-hospitalar e realizam atividades recreativas em Búzios. “Desde a emancipação da cidade, esse bairro já deveria ter sido incorporado, então foi um erro. A população vive um drama, porque o município de Cabo Frio não investe no bairro e Búzios não pode fazer isso por não ter essa competência jurídica”, afirmou Paulo Ramos

O Prensa acompanha e divulga a  luta dos moradores da Maria Joaquina desde o inicio 

Projeto que reentegra Maria Joaquina a Búzios foi aprovado em 1ª discussão na ALERJ
Requerimento para que Maria Joaquina volte a ser Búzios foi aprovado pela ALERJ
Processo de reintegração da Maria Joaquina a Búzios avança
“Chega de ser esquecida por Cabo Frio” – Maria Joaquina quer voltar a ser Búzios
Câmara de Búzios vai criar Comissão para acompanhar a discussão da Alerj sobre o bairro da Maria…
Movimento questiona concessionarias sobre endereços em area de divisa Búzios – Cabo Frio

Leia também Mais do autor

1 comentário

  1. Fernanda Diz

    Porque querem nos dar Maria Joaquina ????? Problemas ??? Só pode , vai nos custar muito caro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.