Padrasto é preso por suspeita de estuprar enteada de 6 anos em Casimiro de Abreu

A denúncia à polícia foi feita pela enfermeira chefe da ambulância de resgate do município.

Um homem foi preso no município de Casimiro de Abreu por suspeita de estuprar a enteada, de 6 anos. A informação foi divulgada na tarde desta segunda-feira (27) pela Polícia Militar. Jocinei Antunes Barbosa, de 47 anos, foi denunciado à polícia pela enfermeira chefe da ambulância de resgate de Barra de São João e preso na manhã de domingo (26), no bairro Jardim Miramar. A menor foi socorrida e passa bem.

Conforme a polícia, vizinhos avistaram a menor suja de sangue em frente a sua casa e acionaram a equipe de resgate. Ao chegar ao local, a enfermeira constatou que a menina havia sido estuprada e acionou a PM.  Ainda de acordo com a PM, a enfermeira chegou a gravar um áudio onde a menina confirma que foi abusada pelo padrasto.

Ela contou aos militares que vestígios de sangue foram encontrados no banheiro da residência e nas partes íntimas da menor.Uma vizinha relatou à polícia, que a menina estava sozinha em casa com o padrasto e logo depois apareceu suja de sangue no portão, o que levantou suspeitas sobre o estupro.

Outra testemunha contou que a menina sempre chorava e se negava a dormir em casa quando o padrasto estava com sua mãe. Além disso, vizinhos acusaram a mãe da menor, de 35 anos, de levar diversos homens para sua casa para ter relações sexuais na presença de seus filhos, pois no local só há um cômodo.

Jocinei foi encontrado próximo à casa da menor e precisou ser algemado pelos PM´s, por estar alterado. Ele foi conduzido até a 121ª Delegacia Policial de Casimiro de Abreu (121ª DP), onde foi autuado por estupro de vulnerável e ficou acautelado à disposição da Justiça.

Texto jornalistico assinado. Para republicar citar autor e veiculo

Leia também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.