Representantes da Região dos Lagos se reúnem para tratar sobre falta de energia

Autoridades estão preocupadas com a chegada da alta temporada e a deficiência do serviço de fornecimento de energia

Representantes de vários municípios da Região dos Lagos se reuniram para buscar soluções

Representantes de vários municípios da Região dos Lagos estiveram reunidos nesta segunda-feira, (9), para tratar sobre os transtornos gerados para a população, em consequência da má qualidade dos serviços prestados pela Enel, concessionária responsável pelo fornecimento de energia da localidade. Na ocasião, os representantes reforçaram a preocupação com a chegada da alta temporada.

Entre os presentes estava o anfitrião do encontro, o Prefeito de Arraial do Cabo, Renatinho Viana, o Deputado Jânio Mendes, da Prefeita de Iguaba Grande, Grasiella Magalhães, do Secretário de Desenvolvimento de Cabo Frio, Cláudio Bastos, entre outros representantes políticos da região.

“Queremos unir forças e solucionar o problema com eficiência e rapidez. Nossa região tem o turismo como principal atividade e estamos enfrentando, praticamente, os mesmos problemas com relação ao fornecimento de energia. Por isso, vamos pressionar para que os investimentos sejam feitos e haja maior fiscalização, pois, se a população está sofrendo agora, tudo tende a piorar no verão”, afirma o Prefeito, Renatinho Vianna.

A pauta formalizada durante a reunião será levada a audiência pública prevista para acontecer na próxima quarta-feira, (11), na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro.

De acordo com o Deputado, Janio Mendes, que vai levar a pauta para a audiência pública, a empresa será cobrada com base nos investimentos levantados para a região.

“Quero parabenizar o Renatinho pela iniciativa. A estratégia de juntar as Prefeituras em prol dos direitos do cidadão é excelente. Temos sim, que pressionar para que os problemas sejam resolvidos e não ouvirmos a mesma desculpa de que as quedas de energia acontecem por conta dos ventos e que a rede está oxidada devido à maresia. O que falta é investimento e manutenção, e nós vamos cobrar”, ressalta o Deputado.

Leia também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.