Roséola – Uma Virose comum no Inverno

Olá!
RoséolaHoje vou falar sobre um tema importante e que deixa muitas mamães de cabelo em pé, são as viroses de inverno. Em especial hoje vou falar sobre a Roséola, uma virose bem comum e que tem características fáceis de detectar e evitar aquelas visitas desnecessárias à emergência dos hospitais cheias de pessoas com problemas de saúde maiores que uma simples virose.
De forma nenhuma quero te dizer que você não deve visitar o pediatra em caso de dúvida, com hora marcada e de forma regular, quero te alertar para que aprendendo os sinais que o corpo do seu filhote dá você pode protege-lo e ter tranquilidade para aguardar o ciclo da virose passar. A Roséola é muito característica e acontece muito nesse tempo mais frio e úmido que estamos encarando nesse inverno – acho que é um dos invernos mais frios dos último anos.
Então vamos aos detalhes, tudo começa com uma febre sem coriza e sem nenhum propósito à vista, começa baixa e de repente está acima dos 39°, subindo depressa e deixando o bebê bem caidinho e choroso querendo colo e peito o tempo todo, mas segue comendo bem e dormindo. Esse estado febril dura cerca de 72h com variações na temperatura, que diminui com o antitérmico de 8 em 8 horas mas que sobe muito rápido e de repente. No quarto dia, o corpo do bebê se enche de machinhas vermelhas inofensivas sem pus e sem erupções. É preciso observar essas machas e assim como aparecem, somem em no máximo 48hs.
Esse ciclo se bem entendido pode nos deixar bem calmas para cuidar dos filhotes com paciência e amor. Eu sou mãe de três e já passei algumas vezes pela Roséola, com todas essas características bem particulares. Essa ultima semana foi a vez do Lucas, estávamos passeando quando do nada ele ficou quentinho e quando botei o termômetro já estava em 39,5°. Essa febre sem explicação assusta e você começa a procurar os sintomas e observar o comportamento do bebê. Completamos hoje o ciclo com o fim das manchinhas. Não consegui nem fazer foto pois elas já sumiram quase que completamente. Um alívio já que enfrentamos dias chuvosos e frios por aqui. Hoje temos sol e o Lucas já está em plena atividade bagunçando e engatinhando a casa toda.
Espero poder ajudar as mamãe de primeira viagem e dividir com as mais experientes esse relato. Lembrando sempre que ao menor sinal de que a febre não baixa ou se o bebê ficar mole, com diarreia ou vomitando e sem apetite, nada de esperar 72h, corra para a emergência da sua cidade?.
Bjkas
camila-raupp

Camila Raupp – Mãe em Tempo Integral do Davi, Daniel e Lucas.

Assista seus vídeos também no You Tube 

Leia mais textos dela no Prensa 

Leia também Mais do autor

Comentários estão fechados.